fonte retirada da internet

Sem qualquer dados que mesurem os impactos socio-econômicos da cadeia produtiva das artes cênicas para o desenvolvimento da cidade, a VI Semana de teatro acontecerá antecipadada de um clima tenso que percorreu o movimento cultural na Capital. Argumentando que não haveria recursos disponiveis para a realização do evento, a Secretaria de Cultura do Estado(SECMA) que  já havia se manisfestado publicamente que a Semana não aconteceria por falta de recursos alocados , deixou muitos artistas e produtores insatisfeitos. Mas o clima de descontentamento por parte de membros da comissão organizadora e de possiveis manifestações da classe artistica de realizar atos públicos solicitando providências por parte do Estado em garantir planejamento estratégico na elaboração de polítícas públicas,fez o secretário recuar e como por milagres, garantir recursos para o evento.

A Semana de Teatro no Maranhão que deveria acontecer no período que contempla o dia internacional do Teatro (27 de março) acontecerá agora no período de 16 a 22 de maio, (circuito capital), e de 28 de maio a 04 de junho,(circuito municipal), onde vários espetáculos percorrerão municipios que confirmaram parceria com a comissão organizadora do evento para mostra dos espetáculos.

Sem saber ao certo se o evento faz parte do calendário do Governo do Estado, ou como mostra da estética do teatro contemporaneo maranhense, o evento acaba por torna-se uma ação  de resistência à falta de planejamento nas ações culturais, diferentemente do que ocorre com outros Estados. Na tensa relação entre governo e entidades culturais, o estado acaba por sair lucrando com a inercia nessas ações, se fizermos um balanço financeiro dos recursos que são inseridos na economia local para o estado através da participação em editais,prêmios, e patrocinios externos,além da visibilidade decorrente da participação de vários artístas e grupos culturais levando o nome do Maranhão, o saldo positivo fica com o Governo. Então a Semana acontece quase que por questões de solidariedade que de investimento. Boa parte do recursos são investidos na economia local, com compra de figurinos,equipamentos, pagamento de mão-de-obra gerando impostos para os cofres públicos.Nenhuma outro segmento trouxe mais recursos para a economia local quanto o segmento cultural, digo isso pois agrego os produtos e serviços da economia criativa e cultural, em shows,eventos .etc.

Bem em breve disponibilizarei um balanço de recursos tragos para o Estado vindos de participações de  entidades culturais,artistas e produtores para solos ou cofres maranhenses.É preciso que o movimento cultural tenha pleno conhecimento dessa economia que corre despercebida em terras do babaçú. Veja abaixo lista dos espetáculos que participarão do VI semana de Teatro Maranhense:

 CIRCULAÇÃO:

GRUPOS SELECIONADOS:
  • CIA CHEGANÇA
  • GRUPO UNIVERSITÁRIO DE TEATRO – GUT
  • GRUPO CORDÃO DE TEATRO
  • XAMA TEATRO
  • MIRAMUNDO PRODUÇÕES CULTURAIS
  • TAPETE CRIAÇÕES CENICAS.
ESPETÁCULOS NACIONAIS
·         MARCELO, MARCELO, MARTELO (CIA Azul  Celeste) – SP
·         SOBRE ANJOS E GRILOS (CIA Solos e Bem Acompanhados) – RS
·         OS MENINOS VERDES (CIA Voar Teatro de Bonecos) – DF
·         CONVERSAS INVERSAS (Grupo Milongas) RJ
·         A VIDA COMO ELA É (Teatro Sim Por Que Não) – SC
·         QUANDO ANDO EM PEDAÇOS OU NOTAS SOBRE A MINHA MÃE (Paula Pi) – SP
·         O NEGRINHO DO PASTOREIO (Oigalê Cooperativa de Artistas Teatrais) – RS
·         B-T-G-P-T-1-4-0-5-9-CÂMBIO (Teatro de Operações) – RJ
·         O CARVALHO E O JUNCO (CIA Anjos da Noite) – SC
·         O ESPETÁCULO NÃO PODE PARAR (Quintal do Circo) – RJ
·         ESTE LADO PARA CIMA (Brava CIA) – SP
ESPETÁCULOS MARANHENSES
·         O MIOLO DA ESTÓRIA (Santa Ignorância CIA de Artes) SL
·         FAMÍLIA EM DESAFIOS (Núcleo do Teatro do Oprimido do Baixo Itapecuru) Santa Rita/MA
·         PAI E FILHO (Pequena CIA de Teatro) SL
·         CABARÉ CAIO VALENTIM (CACEM) SL
·         O NATAL DOS PEQUENINOS (CIA de Teatro Frei Alberto) SL
·         DE ASSALTO (Petite Mort Teatro) SL
·         BARBAZUL  – (Teófila Lima) SL
·         O PRINCIPIO DOS TRÊS ERRES (CIA Teatral La Oficina) SL
·         ELES E NÓS (Codificações) –  SL
·         A ÚLTIMA HORA (DRAO Teatro da Inconstância) – SL
·         FAMÍLIA BAGAÇO (Os Tagarelas da Matriz) São Bernardo/MA
·         E.V.A Um Monólogo  (Janaílton Santos) SL
·         DONA FLOR E SEU ÚNICO FUTURO MARIDO (Grupo Sinos de Teatro) Timom / MA
·         LULABY (Rascunho) SL
PERFORMANCES
·         SEMPRE FICA UM CHEIRO (Núcleo de Investigação Teatral Fósforo) SL
·         O MEDO (Factual Experimentações Cênicas) – SL
·         NUM RABO DE FOGUETE – (As Tapuias) Alcântara / MA
·         CORPO DESCARTAVEL – (Grupo Caco) SL
·         MAR DE LUTO – (Thais Brito) SL
Programação de responsabilidade da comissão organizadora do evento segundo o  blog do evento


Leave a Comment