(Edital) – iberescena Recebe inscrições para 2011/2012

Ajude a essa informação chegar até quem precisa.Comente, compartilhe e participe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
imagem net

Um dos principais fundos de apoio a projetos de artes cênicas na Iberoamérica, o Iberescena, está recebendo inscrições para o período 2011/2012. O prazo vai até 15 de
julho.

O fundo foi criado em 2006 como um programa de fomento, intercâmbio e integração entre as produções de artes cênicas das iberoaméricas. Através de suas convocatórias, ele tem como principal objetivo promover a criação artística e a integração entre artistas dos países membros (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, MéxicoPeru, República Dominicana e Uruguai).

Os fundos são divididos entre as seguintes categorias: coprodução de espetáculos de teatro e dança; redes, festivais e espaços cênicos para a programação de espetáculos; processos de criação dramatúrgica e coreográfica em residência; e encontros, oficinas, seminários e congressos relacionados com a gestão e produção de artes cênicas. Os editais são específicos para cada uma
delas e todos estão disponíveis aqui.

No período 20120/2011, os projetos brasileiros beneficiados foram: O Profano e o Sagrado na figura feminina (Elisa Martins Lucas) e A voz do dono e o dono da voz (Julia Soares Salaroli), na categoria processos de criação dramatúrgica e coreográfica em residência; Festival Panorama, Janeiro de Grandes Espetáculos, Vivadança Festival Internacional e Mostra Latinoamericana de Teatro de Grupo, na categoria redes, festivais e espaços cênicos para a
programação de espetáculos.

A sede do Iberescena fica em Madri (Plaza del Rey 1, 28004 Madrid. Telefone:
91 701 70 00 ext 32669/37459) e dúvidas podem ser tiradas pelo email
contacto@iberescena.org. No entanto, cada país membro tem uma instituição
parceira e a lista completa de contatos está disponível aqui.

fonte: Iberescena

Você também vai gostar de ler estes...

Leave a Comment