Empresas já pagaram R$ 42,4 bilhões em juros em 2011

Ajude a essa informação chegar até quem precisa.Comente, compartilhe e participe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Levantamento da Fecomercio mostra também que constantes aumentos da taxa Selic oneram famílias brasileiras em até R$ 4 bilhões

Beth Matias

Segundo a Fecomercio, até abril, as empresas pagaram R$ 42,4 bilhões em jurosSegundo a Fecomercio, até abril, as empresas pagaram R$ 42,4 bilhões em juros

São Paulo – Levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio) revela que as empresas no Brasil gastaram R$ 42,4 bilhões com pagamento de juros de janeiro a abril deste ano – em 2010, foram R$ 105 bilhões.

A diminuição da taxa de juros tem sido uma das bandeiras da Fecomercio. Na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), quando a taxa Selic teve alta de 0,25%, o presidente da federação, Abram Szajman, considerou “incoerente” o aumento dos juros e disse que o governo deveria cortar gastos e melhorar a eficiência dos serviços prestados.

“O excesso de gastos públicos coloca mais dinheiro em circulação e canibaliza parte dos efeitos da Selic elevada. O resultado geral dessa experiência é o pior dos mundos: taxa de juros elevada, encarecimento da dívida pública e inflação resistente com perda de competitividade da indústria nacional por causa do câmbio valorizado.”

Famílias

As famílias também estão pagando mais juros, revela o levantamento. Segundo a Fecomercio, até abril, os brasileiros pagaram R$ 54,4 bilhões. Caso não houvesse os constantes aumentos da taxa Selic, esse valor seria de R$ 50,4 bilhões, ou seja, foram retirados do consumo das famílias R$ 4 bilhões, direcionados ao pagamento de empréstimos em todo o Brasil.

Somando os valores pagos por pessoas físicas e jurídicas, de janeiro a abril deste ano, o pagamento de juros chega R$ 96,8 bilhões.

Fonte: Agência Sebrae notícias

Você também vai gostar de ler estes...

Leave a Comment