Carga tributária faz com que produtos nas lojas brasileiras tenham preços altos demais. Com perfumes, impostos correspondem a 78% do preço final

A carga tributária do Brasil é o principal fator para explicar a diferença dos preços entre os presentes comprados no Brasil e os adquiridos no exterior. O levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), com 18 categorias de produtos, mostra que o perfume é a mercadoria sobre a qual os impostos pesam mais, com carga tributária que corresponde a 78% do preço final no caso do importado. O nacional não apresenta grandes melhorias, com impostos que equivalem a 69% do valor ao consumidor.

O perfume Acqua di Gioia, da grife Giorgio Armani, por exemplo, custa o dobro para os brasileiros. Enquanto os americanos pagam 74,99 dólares, o mesmo produto sai no Brasil por 151,63 dólares. No caso de um smartphone (celular com múltiplas funções) que custa 508 dólares aos brasileiros, aos americanos

Fonte: VEJA

Leave a Comment