Por Daiane Souza

Uma parceria entre a Fundação Cultural Palmares (FCP) e o Ministério da Educação (MEC) será intensificada com programas e
projetos de cunho educativo-cultural a partir do próximo mês. Logo no início de julho, o presidente Eloi Ferreira de Araujo, da FCP, se reunirá com o secretário executivo do MEC, José Henrique Paim, para acertar detalhes das propostas encaminhadas na manhã desta segunda-feira, 20 de junho.

Em reunião, Martvs das Chagas, diretor do Departamento de Fomento e Promoção da Cultura Afro-Brasileira da FCP, e Antônio Mário Ferreira, coordenador geral de educação para as Relações Étnico-Raciais do MEC, debateram as possibilidades de intercâmbio entre as instituições no desenvolvimento de ações e da participação ativa da instituição Palmares no Plano Nacional de Educação (PNE).

A proposta é que a FCP atue nas emendas apresentadas para o Plano que valerá pelos próximos 10 anos. “A Fundação quer
participar de maneira efetiva por entender que educação e cultura devem caminhar sempre juntas”, afirmou Chagas que crê que as duas instituições devem se apoiar na luta por uma educação de qualidade. Ele reforça que o Ano Internacional dos
Povos Afrodescendentes é uma importante oportunidade de transmitir conhecimento sobre a cultura negra, um momento que não deve ser ignorado.

De acordo com Antônio Mário Ferreira, esta e outras propostas como a criação de núcleos de formação cultural da juventude
negra e a participação do MEC no Edital Juventude Negra que tem por objetivo reconhecer e valorizar a diversidade étnico-cultural afro-brasileira, serão encaminhadas à Secretaria Executiva e apreciadas pelo secretário José Henrique Paim até a visita do presidente Elói ao ministério.

fonte:Fundação Cultural Palmares

 

 

Leave a Comment