CACURIÁ 2011

18/06 – SESI ARAÇAGI – 19 hs.
– VILA PALMEIRA – 22 hs.
– CEPRAMA – 24 hs.
19/06 – GABRYELLA COHAFUMA – 16:30
20/06 – ARRAIAL DA LAGOA – 19 hs.
21/06 – HOSPITA NINA RODRIGUES – 17 hs.
– VILA JUNINA SÃO LUIS SHOPPING – 23 hs.
22/06 – SESC DEODORO – 20 hs.
– ARRAIAL DA LAGOA – 22 hs.
23/06 – VILA JUNINA SÃO LUIS SHOPPING – 19 hs.
– PÇ. MARIA ARAGÃO – 22 hs.
24/06 – PÇ NAURO MACHADO – 21 hs.
24/06 – CANTO DA CULTURA PRAIA GRANDE – 23 hs.
25/06 – VILA PALMEIRA – 19 hs.
– SESC TURISMO – 21 hs.
– VILA JUNINA SÃO LUIS SHOPPING – 23 HS.
26/06 – VILA JUNINA SÃO LUIS SHOPPING – 20 hs.
– COMANDO GERAL PM – 22 hs.
28/06 – VILA JUNINA SÃO LUIS SHOPPING – 24 hs.
29/06 – CEPRAMA – 23 hs.
– PÇ NAURO MACHADO PRAIA GRANDE – 24 hs.

o que é o Cacuriá?

O cacuriá é uma dança típica do estado do Maranhão, no Brasil, surgida como parte das festividades do Divino Espírito Santo, uma das tradições juninas. A dança é feita em pares com formação em círculo, o “cordão”, acompanhada por instrumentos de percussão chamados caixas do Divino (pequenos tambores).

No final da Festa do Divino Espírito Santo, após a chamada derrubada do mastro, as caixeiras do carimbó podem descansar. É neste momento que elas passam à porção profana da festa, com o cacuriá. A parte vocal é feita por versos improvisados respondidos por um coro de brincantes. O ritmo é uma derivação do carimbó maranhense.

Inicialmente, o cacuriá era praticado unicamente com as caixas, mas aos poucos foi-se acrescentando outros instrumentos, como banjo, violão, clarinete e flauta.

A representante mais conhecida do cacuriá é Dona Teté do Cacuriá, uma percussionista maranhense muitas vezes creditada como uma das criadoras do ritmo e considerada responsável pela introdução dos novos instrumentos.

uma das casas tradiocionais nesse tipo de folguedo é a casa Laborarte, admnistrada pela Cantora popular Rosa Reis

da Redação

Leave a Comment