Brasileira cria aplicativo para alfabetização de crianças com autismo

Foram quatro anos de pesquisa para o lançamento do jogo Brainy Mouse (Rato Inteligente)

No dia 2 de abril, data em que se celebra o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, a presidente da Brainy Mouse Foundation, Ana Sarrizo, lançou um aplicativo que estimula o desenvolvimento da linguagem e a alfabetização de crianças com transtorno do espectro autista (TEA).

Foram quatro anos de pesquisa para o lançamento do jogo Brainy Mouse (Rato Inteligente), e os resultados têm sido satisfatórios em relação aos grupos de testes com crianças de Belo Horizonte e São Paulo.

Para os autistas, o desenvolvimento da linguagem é um dos maiores desafios. O jeito como assimilam, pensam e compreendem o mundo é um tanto quanto particular. Muitas vezes, nem mesmo os familiares ou os educadores estão preparados para lidar com essas particularidades.

“Imagine as dificuldades que já enfrenta um adulto autista, em um mundo que não está preparado para lidar com suas diferenças. Agora imagine um adulto autista e que ainda por cima não sabe ler e escrever”, diz a criadora do aplicativo Ana Sarrizo.

O jogo exercita a leitura da esquerda para a direita, formação de palavras com uso de sílabas, interação com cores, sons e outras características cognitivas, que ajudam o jogador a trabalhar o desenvolvimento.

Além disso, uma das principais apostas é o dispositivo “Rato Amigo”, que trabalha inconscientemente a atitude de pedir ajuda ao próximo e, dessa forma, estimular essa ação no dia a dia.

Fonte: Razões para Acreditar

via Observatório do 3º Setor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *