Mais de mil museus promovem 3.261 atividades a partir desta segunda-feira (14)

A 16ª edição da Semana de Museus, que começou nesta segunda (14), vai contar com a participação de 1.130 instituições, que promoverão 3.261 eventos em 489 municípios de 26 estados brasileiros. O evento, que segue até domingo (20), é coordenado pelo Ministério da Cultura (MinC), por meio do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), e tem como tema este ano Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos.

Entre as atividades que serão realizadas pelos museus estão exposições, ações educativas, exibição de filmes, visitas mediadas, oficinas e bate-papos, entre outras. A ação aproxima o público com os museus e amplia o número de visitações, que quase dobra ao longo da Semana de Museu, realizada sempre em maio, na semana em que se comemora o Dia Internacional de Museus, 18 de maio.

Por conta disso, cada vez mais instituições têm aderido à programação especial. Com relação a 2017, houve um aumento de quase 6% no número de instituições que participam da ação, de 1070 para 1130. Também houve crescimento no número de eventos que serão realizados, que passaram de 3079 para 3261.

Os museus também têm apresentado crescimento significativo de público a cada ano. Atualmente, o Ibram tem mapeados cerca de 3,8 mil museus no Brasil. Segundo o instituto, o número de visitação em museus brasileiros em 2016 (dado mais recente) foi 28.594.539 pessoas, um aumento de mais de três milhões de visitantes em relação ao ano anterior (2015), quando 25.528.788 de pessoas visitaram essas instituições. Os dados se referem aos museus nacionais que responderam à pesquisa feita pelo instituto. Em 2015, 720 museus responderam e, em 2016, 919 museus participaram da pesquisa.

Além de ser responsável pela Política Nacional de Museus, o Ibram administra diretamente 30 museus. Confira a lista neste link. O Instituto tem atuado numa nova abordagem do uso e da relação dos espaços dos museus com o público, transformando-os em locais de integração com comunidade ao redor, além de ponto de interesse para turistas. Não apenas um espaço de memória, mas que oferece interatividade com o público, com diálogo e troca de experiências.

Programação hiperconectada

Escolhido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom), o tema deste ano, Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos, propõe uma aproximação das instituições com seus públicos tanto pelo viés tecnológico quanto por outras conexões. Ao mesmo tempo em que museus investem em tecnologia para alcançar novos públicos, ainda são indispensáveis esforços para engajar quem ainda não está on-line – especialmente em áreas periféricas, rurais e regiões de difícil acesso.

Confira a programação completa no Guia online disponível no site do Ibram, onde é possível escolher e identificar o que se pretende fazer por cidade e estado. Além da programação, há ainda o endereço, e-mail e telefones das instituições participantes. Mais informações sobre a 16ª Semana de Museus também podem ser obtidas pelo endereço eletrônico semana@museus.gov.br.

Fonte: IBRAM

Você também vai gostar de ler estes...

Leave a Comment