Projetos Rumos traz para São Luís, um dos maiores artístas Populares, dia 26 de abril…

"imagem da internet"

Para lançar o edital 2011-2013, o Rumos Educação, Cultura e Arte está em itinerância pelo país com a aula-espetáculo Mátria, Uma Outra Linha de Tempo Cultural, do dançarino e músico Antonio Nóbrega. A próxima parada é o Teatro João do Vale, em São Luís, no Maranhão.

O evento ocorre no dia 26 de abril, às 19h. Nóbrega apresenta peças do samba, da tradição oral e da música clássica, apontando o diálogo histórico entre a nossa cultura popular e a europeia. Confira aqui fotos da primeira apresentação, em São Paulo.

No nosso site, você acessa a programação completa da caravana Rumos.

Rumos Educação, Cultura e Arte
terça 26 de abril, às 19h
Aula-espetáculo com Antonio Nóbrega
Classificação indicativa: 16 anos

entrada franca – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência
 (400 lugares)

Teatro João do Vale | Rua da Estrela 283 – Praia Grande – São Luís MA |
informações: 98 3218 9958

fonte: Boletim Rumos Educação Cultura e Arte

Saiba Mais ,quem é Antonio Nóbrega: (wikipédia)

Antonio Carlos Nóbrega (Recife2 de maio de 1952) é um artista e músico brasileiro.

Filho de médico, estudou no Colégio Marista do Recife. Aos 12 anos ingressou na Escola de Belas Artes do Recife. Foi aluno do violinista catalão Luís Soler e estudou canto lírico comArlinda Rocha.

Com sua formação clássica, começou sua carreira na Orquestra de Câmara da Paraíba em João Pessoa, onde atuou até o final dos anos 60. Na mesma época participava da Orquestra Sinfônica do Recife, onde fazia também apresentações como solista.

Como contraponto à sua formação erudita, Antonio Nóbrega participava de um conjunto de música popular com suas irmãs. “Só que a música popular que eu compunha e tocava era a das rádios e da televisão: BeatlesJovem Guarda, a nascente MPBCaetano VelosoEdu Lobo“.

Em 1971 Ariano Suassuna procurava um violinista para formar o Quinteto Armorial e, após ver Antônio Nóbrega tocando um concerto de Bach, lhe fez o convite que mudaria completamente sua carreira musical.

Antônio Nóbrega, que até essa ocasião tinha pouco conhecimento da cultura popular, passou a manter contato intenso com todas suas expressões como os brincantes de caboclinho, de cavalo-marinho e tantos outros, que passou a conhecer e pesquisar.

Nóbrega revelou-se um fenômeno, ao conseguir unir a arte popular com a sofisticação. É, literalmente, um homem dos sete instrumentos, capaz de cantar, dançar, tocar bateria,rabecaviolão etc. Realizou espetáculos memoráveis em teatros do Rio de Janeiro e de São Paulo, com destaques para Figural (1990) e Brincante (1992). Figural é um espetáculo em que Nóbrega, sozinho no palco, muda de roupa e de máscaras para fazer uma das mais ricas demonstrações da cultura popular brasileira e mundial.

Terminou em 12 de novembro de 2006 a temporada paulistana do espetáculo 9 de Frevereiro, e, em seguida, iniciou a temporada carioca. Este espetáculo, cujo nome é uma alusão aocarnaval pernambucano e um trocadilho com frevo, explora várias formas de se tocar frevo: com uma orquestra de sopro, com um regional, com violino e percussão etc. Também há várias das formas de se dançar frevo: com apenas um dançarino (Nóbrega) em passos estilizados de dança moderna, com vários dançarinos em passos de frevo, com e sem sombrinha e até o público todo, em ciranda de frevo. Como não poderia faltar em um espetáculo enciclopédico sobre o frevo, há pelo menos dois momentos didáticos: em um a orquestra explica várias modalidades e costumes do frevo, e Antonio Nóbrega ensina uma pessoa da platéia a dançar frevo (fazer o passo).

Nóbrega é praticamente desconhecido na televisão do Brasil. Apesar disso, seus espetáculos são extremamente concorridos.

Fonte: Wikipédia

Você também vai gostar de ler estes...

Leave a Comment