Validar e Controlar o escopo

A validação do escopo refere-se à aceitação dos resultados do trabalho pelo cliente, solicitante, patrocinador e demais partes interessadas, enquanto o controle da qualidade determina se esses resultados estão de acordo com os padrões relevantes de qualidade e identifica maneiras de eliminar as causas de um desempenho insatisfatório.

Deve-se verificar se as solicitações de alterações de escopo estão de acordo com as necessidades e objetivos do projeto. O líder do projeto deve controlar como, quando, por que e por quem foram solicitadas/feitas alterações no escopo do projeto. Neste processo ainda são executadas ações corretivas ou de ajuste das linhas de base.

Pode ser definido em três etapas:

  1. Identificação de algum problema no escopo.
  2. Proposição e análise de mudança no escopo, avaliação de impacto, riscos, custos, atrasos etc.
  3. Elaboração da documentação de mudança do escopo.

Sempre avalie a necessidade de prever no seu projeto atividades de inspeção, de testes, ou implantação de pilotos.

  • Certifique-se que não está sendo realizado nenhum trabalho fora do escopo.
  • Todas as solicitações de mudança no escopo devem ser comunicadas e compreendidas e aprovadas pelo patrocinador e/ou cliente.
  • Quando ocorrer uma mudança no escopo, não se esqueça de atualizar o plano de projeto.

As entregas relevantes do projeto devem ser formalizadas por meio de um Termo de Aceite. Como o aceite é validado pela parte interessada competente, esse passo garante que os produtos cumpriram com os requisitos de escopo e qualidade necessários.